Branding: 7 passos para criar uma identidade visual

Um dos pontos principais no Branding de uma marca é a criação de uma boa identidade visual.


Esta pressupõe um conjunto de materiais gráficos, normas, especificações e recomendações para que toda a comunicação/ apresentação da empresa obedeça a uma identidade pré-definida.


Neste artigo, delineamos 7 passos para criar uma identidade visual e clarificamos alguns temas relativos a este conceito.


  1. O Manual de Identidade Visual

  2. 7 Passos para criar uma identidade visual

  3. Exemplos de Identidade Visual

  4. Conclusão



O QUE É UM MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

O Manual de Identidade Visual, ou Manual de Marca, é, pura e simplesmente, um documento que contém um conjunto de recomendações, especificações e normas básicas para a utilização da imagem da marca de uma empresa. É, por isso, necessário ter em atenção este detalhe na hora de criar uma identidade visual para a empresa. Afinal de contas, estes materiais gráficos são a primeira coisa que os clientes vêem de uma empresa. Se o visual não se adequar à identidade da marca, o público viverá uma experiência confusa dentro dos seus meios de comunicação.

7 PASSOS PARA CRIAR UMA IDENTIDADE VISUAL

Para se criar uma identidade visual com cabeça, tronco e membros, devemos olhar pormenorizadamente para várias etapas. Aqui, deixamos um guia que poderás aplicar com 7 passos para criar uma identidade visual da tua marca!

  1. Briefing da Marca Em primeiro lugar, temos de definir bem o que vamos fazer. Para isso, importa conhecer o(s) produto(s)/serviço(s), o público-alvo e o mercado, para que o visual seja adequado à identidade da Empresa.

  2. Escolha da forma de apresentação da Marca Antes ainda de criar os materiais gráficos, devemos ter em conta de que forma(s) a empresa se vai apresentar: será através de website, flyers, outdoors, aplicação de telemóvel, e-mail, catálogo físico, etc?

  3. Criação do Logótipo Com todas as informações do seu lado, o designer pode avançar para a criação de um logótipo que não só se adeque à oferta e identidade da marca, mas também ao público que esta procura atingir.

  4. Escolha/Criação dos Tipos de Letra Muitas vezes em simultâneo com a criação do logótipo, efetua-se a escolha dos tipos de letra que irão identificar a marca. Em empresas maiores, o designer irá geralmente criar um estilo de letra único e específico para a marca.

  5. Escolha da Palete de Cores Para que a imagem da marca se destaque e seja identificável em várias ambiências, fundos ou documentos, devemos escolher uma palete com várias cores (condizentes) possíveis de se utilizar e definir as respetivas combinações de cor - para os menos experientes, fica um excelente site onde podem experimentar várias combinações de cores: https://color.adobe.com/pt/create/color-wheel

  6. Definição dos estilos de fotografia e ilustração Pensando no médio-longo prazo, a marca deve prever o estilo visual para aplicar em fotografia, vídeo, redes sociais ou revistas, escolhendo desde logo as cores, ícones e layouts dos documentos.

  7. Criação um Manual de Identidade Partindo de todo o trabalho feito na criação da identidade, resta finalizar com a criação de um manual onde constem todos os materiais gráficos (ícones, logos, cores, tipos de letra, templates, etc), bem como as normas e recomendações de utilização da imagem da marca nos seus conteúdos de comunicação.


EXEMPLOS DE IDENTIDADE VISUAL


  1. Nike

  1. Trip Advisor


CONCLUSÃO

Para criar uma identidade visual com sucesso, todos estes passos devem ser feitos com rigor e qualidade. Lembre-se que, quanto menos tempo/dinheiro investir no processo, menor será a qualidade do produto final. Grande parte do sucesso na criação da identidade visual está, então, dependente da elaboração de várias etapas, porrofissionais especializados e criativos. Já sabe o que é preciso mas não tem tempo ou recursos para avançar? Fale connosco! Teremos todo o gosto em ajudar. E-mail: geral@rec.pt Contacto telefónico: +351 967863367