A Corrida Digital

Com o termo transformação digital a ser mais utilizado do que nunca, importa entender o conceito e as verdadeiras motivações para esta transformação por parte das empresas, transformação essa que se está a tornar uma verdadeira corrida em contexto de Covid-19. O processo, iniciado há mais de 20 anos com os primeiros websites e softwares facilitadores de processos, levou, eventualmente, a uma evolução das ferramentas de suporte e a grandes melhorias de organização e eficiência dentro das organizações que as adotaram. Com a globalização e incremento da acessibilidade da internet, esta transformação começou a ocorrer a um nível de comunicação, aquisição e conversão de clientes, oferecendo formas muito mais eficientes de comunicação face ao tradicional (Tv, Flyers, Cartazes, Jornais, etc). A comunicação e articulação com o consumidor em geral ficou ainda mais facilitada com a explosão das redes sociais e das vendas online o que permite, atualmente, o conhecimento de padrões comportamentais do consumidor, permitindo saber onde os clientes gastam o seu tempo online e o caminho que percorrem até fazer uma compra. A grande referência é, neste momento, a Amazon, plataforma de vendas online que domina os processos de experiência do utilizador e comportamento do consumidor.Assim, e sabendo que existem negócios de todos os âmbitos e muitos já têm algum tipo de presença digital, resta perceber a que nível uma empresa pode tirar mais vantagens e articular as suas plataformas digitais:

  • Processos Internos: O universo dos negócios e do Marketing, incorpora com frequência termos de responsabilidade e articulação de tarefas. Um dos grandes desafios da digitalização nas empresas, é garantir que todos os profissionais e departamentos tenham as suas responsabilidades, funções e metas bem definidas. Dessa forma, é mais fácil identificar onde estão os pontos de melhoria nos diferentes processos.

  • Modelo de Negócio Com o aumento da informação disponível, mais facilmente são pensadas ações que ofereçam uma resposta ao mercado, resultando na melhoria dos serviços e na resolução de problemas; Também é possível perceber que estratégias funcionam e não funcionam. Dessa forma é possível poupar no investimento ou direcionar esse mesmo investimento para que os lucros sejam superiores.

  • Relação com o Cliente A transformação digital resulta na melhoria da captura de dados e informação, assim como tornar os canais usados mais amigáveis, resultando num consumidor mais satisfeito.

É, portanto, importante perceber que não devemos desenvolver uma "estratégia digital", mas uma "estratégia na era digital", ou seja, não se deve fazer uma simples conversão para o digital, mas sim uma reflexão aprofundada acerca do modelo negócio e os recursos digitais disponíveis para alavancar o crescimento da empresa. Assim, através da melhoria de processos internos, vendas e comunicação com consumidor, surgem inúmeras possibilidades:

  • Estabelecimento de uma vantagem competitiva:

  • Lucro superior:

  • Melhoria da experiência do consumidor:

  • Promoção da inovação

Acima de tudo, é necessário criar uma relação com os clientes e procurar "munir-se" o quanto antes das ferramentas digitais para adquirir vantagens competitivas.